Obter orientações sobre Aedes aegypti, mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya

Carta de Serviço publicada conforme Processo SEI nº 19.0.036580-1, em atendimento à Lei nº 13.460/2017. Última atualização: 10/06/2021 às 11:24.

O que é?

Este conteúdo orienta sobre como obter orientações sobre Aedes aegypti, mosquito transmissor de dengue, vírus zika e chikungunya e que pode estar associado à transmissão da febre amarela nas cidades. 

Aedes aegypti é um mosquito doméstico que costuma viver dentro de casa e perto do homem. Com hábitos diurnos, alimenta-se de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura de ovos em diversos criadouros. 

Quem pode fazer?

Qualquer pessoa.

Onde e quando fazer?

Canais Onde Quando
Eletrônicos Web Saúde (escolher opção 2) Segunda a sexta, 8h às 18h, exceto feriados e pontos facultativos
Presenciais Não é possível  
Telefônicos (47) 3432-2337 Segunda a sexta, 7h às 18h, exceto feriados e pontos facultativos
Postais Não é possível  

Como fazer?

Acessar canais informados para obter orientações.

Para denunciar ambientes com possíveis focos de zoonoses, acessar esta Carta de Serviço.

Quanto custa?

Este serviço é gratuito.

Quanto tempo leva?

Não informado.

Sobre estas informações

Unidade(s) responsável(is)

Atos regulamentadores

  • Não informado.

Manifestar-se

Registrar manifestação para reclamação, sugestão ou elogio sobre estas informações. Para informações adicionais, registrar pedido de informação.