Na Semana do Pescado, Joinville incentiva o consumo de peixe

Publicada em 03/09/2021 às 17:57
Relacionado a: Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente - SAMA

De 1º a 15 de setembro, Joinville participa da Semana do Pescado, que tem como foco o estímulo ao consumo de produtos da pesca, atividade que envolve milhares de pessoas em todo Brasil.

O Estado de Santa Catarina ocupa lugar de destaque na produção nacional de pescados, sendo reconhecido como o maior polo pesqueiro do Brasil.

De acordo com a Unidade de Desenvolvimento Rural da SAMA, Joinville conta, atualmente, com cerca de 70 famílias que realizam a tilapicultura. Em 2020, esses produtores comercializaram aproximadamente 1,1 mil toneladas de peixe.

Realizado em âmbito nacional, o evento é considerado a “segunda quaresma”, buscando inserir o consumo do pescado na alimentação diária do brasileiro.

Em Joinville, a Semana do Pescado é realizada pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI), Colônia de Pescadores Z32, pela Associação Joinvilense de Aquicultores (AJAq) e Associação de Turismo Eco Rural de Joinville (ATERJ), além de pesque-pagues, supermercados, restaurantes e lanchonetes da área rural e do Morro do Amaral.

A Prefeitura de Joinville também apoia o evento, por meio da Unidade de Desenvolvimento Rural (UDR) da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA), Secretaria de Educação (SED), Secretaria de Assistência Social (SAS) e Secretaria de Cultura e Turismo (SECULT).

Sabor e saúde incluídos na dieta

Além de incentivar o consumo, a Semana do Pescado busca divulgar as inúmeras possibilidades de espécies provenientes da pesca, além da diversidade de produtos frescos, congelados e processados que estão disponíveis.

No Brasil, existem mais de 200 espécies de pescados sendo comercializadas. Em Joinville e região, os principais cultivos são os de peixes de água doce, como tilápia, tambaqui e seus híbridos, caparas, jundiá, pintado, lambari, truta, traíra, cascudo, dourado, entre outros.

Outra proposta é desmistificar que pescados são difíceis para serem preparados, limpos e armazenados, bem como, que o consumo deve ocorrer regularmente e não apenas em datas especiais.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o ideal é que cada pessoa consuma ao menos 12 quilos de pescados, por ano. No Brasil, essa média é de 10 quilos.

Entre as principais vantagens nutricionais oferecidas pelos peixes, está a presença de ômega 3, um tipo de gordura benéfica ao coração que ajuda a reduzir a pressão arterial, o colesterol e os níveis de triglicerídeos.

O peixe também é fonte de nutrientes como ferro, zinco, cálcio, magnésio, selênio, fósforo e cobre que ajudam no bom funcionamento do organismo e na manutenção do peso corporal.

Atividades durante a Semana do Pescado

Os Centros de Educação Infantil (CEIs) da Rede Municipal de Ensino foram convidados a participar de um concurso culinário. Nos dias 9 e 10 de setembro (quinta e sexta-feira), as Unidades terão peixe como prato principal.

De acordo com o cardápio, cada CEI que quiser participar do concurso vai desenvolver uma apresentação (decoração e empratamento) diferenciada para a preparação.

Os pratos serão avaliados pelas nutricionistas da alimentação escolar do município e por um técnico da equipe de Aquicultura da UDR.

A Semana do Pescado também será lembrada nos Restaurantes Populares de Joinville que já oferecem semanalmente pratos elaborados com peixe.

Para auxiliar produtores que desejam conhecer ou obter mais informações sobre a aquicultura, a UDR conta com uma equipe técnica especializada na atividade. O contato pode ser feito de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, pelo telefone (47) 3424-1188 ou pelo e-mail sama.udr@joinville.sc.gov.br.

Compartilhe