CEI de Joinville é premiado nacionalmente por projeto desenvolvido durante a pandemia

Publicada em 09/09/2021 às 18:35
Relacionado a: Secretaria de Educação - SED, CEI Adolfo Artmann - SED.UEB.CEIAA

Um projeto desenvolvido no Centro de Educação Infantil (CEI) Adolfo Artmann, da Rede Municipal de Ensino de Joinville, foi premiado nacionalmente pelo trabalho desenvolvido durante a pandemia.

O 22º Prêmio Arte na Escola Cidadã divulgou o resultado na última quarta-feira (8) com os cinco escolhidos por mobilizarem os alunos e suas famílias a partir do ensino das artes, entre mais de 1.200 projetos inscritos. O contemplado na categoria Educação Infantil foi o projeto “Um Brinquedo Chamado Música”, da professora Jacqueline Elisa Koch.

Em fevereiro de 2020, Jacqueline atuava como professora volante, nome dado às professoras que realizam atividades extras com os estudantes, e havia iniciado as aulas de musicalização para as crianças do CEI Adolfo Artmann de forma presencial.

Para os alunos pequenos, do berçário e maternal, havia cantigas de roda e histórias sonorizadas. Os alunos do segundo período da Educação Infantil, com cinco e seis anos, já começavam experiência de criações sonoras e formação de bandinha rítmica com objetos do dia a dia e sucata.

No entanto, com a pandemia do novo coronavírus chegando ao Brasil após seis semanas do início do ano letivo, Jacqueline precisou adaptar as aulas de musicalização para o ensino à distância.

Com criatividade e empenho, ela transformou os vídeos de suas aulas em produções que garantiam o interesse das crianças mesmo que estas precisassem assistir a professora na tela de celulares, notebooks e TVs. Para isso, chegou a utilizar efeitos visuais como chroma key e stop motion.

“Tinha que ser tudo mais bonito para que as crianças se interessassem por estes vídeos, que ficassem tão atrativos quanto todos os outros conteúdos que eles assistem na TV e no celular da mãe ou do pai. Era importante que elas tivessem prazer em desenvolver estas atividades em casa”, recorda Jacqueline.

O resultado superou as expectativas: os familiares se engajaram e participaram ativamente das atividades com as crianças. Durante o ano, foram construídos brinquedos sonoros e instrumentos musicais em casa, e os alunos puderam realizar trocas de histórias e experiências com as famílias enquanto aprendiam novas linguagens e formas de expressão e desenvolviam a concentração, o ritmo e a paciência, entre outras habilidades.

O projeto “Um Brinquedo Chamado Música” já havia sido premiado neste ano pelo Prêmio Boas Práticas de Professores durante a Pandemia”, da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, quando Jacqueline foi contemplada juntamente com a professora Silmara Voltolini. Agora, com esta nova premiação, ela receberá um valor em dinheiro e equipamentos digitais para o CEI Adolfo Artmann, além de certificado e troféu.

Compartilhe