Vias de entrada e saída da Prefeitura de Joinville terão sentido invertido a partir de 15/11/2019

Publicada em 13/11/2019 às 09:20
Relacionado a: Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável - SEPUD, Departamento de Trânsito de Joinville - DETRANS

Imagem mostra mapa com setas que indicam sentido de entrada na Prefeitura de Joinville pela rua Otto Lepper e saída pela Rua Eduardo Lepper Ver imagem em alta resolução

Atualização em 13/11/2019, às 16h15: o texto foi atualizado com a informação de entrada por mão inglesa ao estacionamento da Prefeitura.

A Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável – SEPUD e do Departamento de Trânsito – DETRANS, realiza na próxima sexta-feira (15/11/2019) a inversão de sentido das ruas Leopoldo Lepper e Otto Eduardo Lepper, vias de entrada e saída ao prédio sede da Prefeitura de Joinville.

Com a mudança, a Rua Otto Eduardo Lepper (subida) passa a ser via de entrada à Prefeitura e a Rua Leopoldo Lepper (descida) passa a ser via de saída, invertendo o sentido atual.

O acesso de cidadãos e servidores ao estacionamento da Prefeitura de Joinville também sofrerá mudança. A entrada pela guarita será por mão inglesa, ou seja, os veículos entrarão pelo lado esquerdo e sairão pelo lado direito da guarita. A circulação no interior do estacionamento também será por mão inglesa, ao contrário do sentido atual.

Com a mudança, o semáforo da Ponte Helena Dorothea Trinks Lepper, conhecida como “Ponte Azul”, no encontro da Av. Hermann August Lepper e rua Princesa Izabel, fechará apenas quando houver travessia de pedestres.

Sinalização, pinturas e instalação de novas placas de orientação aos motoristas serão realizadas pelo Departamento de Trânsito de Joinville – DETRANS.

As mudanças começam a valer após o término dos trabalhos, programados para sexta-feira (15/11/2019). Em caso de chuva, a operação poderá ser adiada para o dia seguinte.

A inversão é a primeira parte de um pacote de cinco alterações que será implantado até o fim de novembro, em decorrência de estudos de trânsito em relação à liberação do tráfego na Av. Dr. Paulo Medeiros, no trecho entre o Mercado Público e a rua Nove de Março.

A estimativa, segundo a SEPUD, é de redução de 24% no tempo médio de viagem e de diminuição de emissão de cerca de 48 toneladas de gases poluentes por ano com o pacote de mudanças no trânsito.