Totem para carregar telefones celulares na entrada do Parque Zoobotânico Ver imagem em alta resolução

Notícia
Totem com carregadores de celular é instalado no Parque Zoobotânico

Equipamento oferece seis gavetas para carregamento individual de aparelhos

Publicada em 13/07/2017 às 15:04, por Rogerio Kreidlow.
Relacionado a: Secretaria de Comunicação - SECOM, Secretaria de Cultura e Turismo - SECULT

O público que visita o Parque Zoobotânico e o Mirante de Joinville acaba de ganhar uma novidade que vai garantir comodidade e conectividade durante os passeios: um totem com carregadores de celular. Instalado pela Prefeitura de Joinville, o equipamento está localizado na entrada do Parque Zoobotânico e oferece seis gavetas para carregamento individual de aparelhos celulares.

Além de prático e de uso gratuito, o totem é totalmente seguro. Para utilizá-lo, o visitante armazena o seu telefone no compartimento e digita uma senha eletrônica que será usada posteriormente para destrancar a porta. No interior da gaveta há várias opções de cabos, compatíveis com todos os modelos de celulares. O totem também é informativo. Em sua tela, são exibidas dicas sobre pontos turísticos de Joinville.

“Joinville é uma cidade com muitos atrativos e esse equipamento, além do apoio na recarga de celular, vai facilitar às pessoas terem conhecimento dos pontos turísticos e de lazer, para que sejam aproveitados e compartilhados com todos”, afirma o secretário de Comunicação, Marco Aurélio Braga.

A instalação do totem para carregamento de celulares e as informações que serão fornecidas pelo equipamento acontecem em momento oportuno, às vésperas do Festival de Dança de Joinville.

Para o secretário de Cultura e Turismo de Joinville Raulino Esbiteskoski, será mais uma ferramenta de apoio para os milhares de visitantes que vêm à cidade durante o maior festival de dança do mundo.

“O totem é um benefício já presente em outros importantes eventos e centros turísticos e, a partir de agora, também está disponível em Joinville. Além de atender permanentemente ao nosso público interno, chega estrategicamente às vésperas do Festival de Dança, quando a cidade recebe turistas de todas as regiões do país e também do exterior”, conclui Esbiteskoski.

Ir para o topo