O circuito de aproximadamente cinco quilômetros de extensão, integra os principais pontos turísticos da região e é orientado por vinte placas de sinalização turística, recentemente instaladas pela Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult). As placas estão presentes nos seguintes locais: Museu Nacional da Imigração e Colonização, Praça Nereu Ramos, Biblioteca Pública, Rua Nove de Março, Monumento à Barca, Casa da Cultura, Ponte Charlot (em frente ao Centreventos), Centreventos Cau Hansen, Museu Arqueológico de Sambaqui, Rua Princesa Isabel, Igreja da Paz, Harmonia Lyra, Via Gastronômica, Museu do Bombeiro, Rua do Príncipe, Catedral Diocesana São Francisco Xavier e Mercado Público Municipal. Ver imagem em alta resolução

Notícia
Nova sinalização indica rota turística para pedestres no Centro de Joinville

Placas fazem parte de projeto de sinalização executado com recursos do Ministério do Turismo

Publicada em 13/07/2017 às 10:57, por Rogerio Kreidlow.
Relacionado a: Secretaria de Cultura e Turismo - SECULT

Joinvilenses e visitantes acabam de ganhar uma nova opção de cultura e lazer: a rota turística para pedestres, na região central da cidade. O circuito, de aproximadamente 5 quilômetros, integra os principais pontos turísticos da região e é orientado por vinte placas de sinalização turística, recentemente instaladas pela Prefeitura de Joinville, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo.

As placas estão presentes nos seguintes locais:

Cada placa traz a inscrição do local onde está instalada e indica para os outros dois ou três atrativos mais próximos. Também constam nas placas referenciais ao Parque Zoobotânico e o Mirante de Joinville, Cemitério do Imigrante e Casa da Memória, Museu de Arte de Joinville e Complexo Cultural Antarctica, Instituto Internacional Juarez Machado e Estação da Memória.

“A rota turística para pedestres tem o objetivo de valorizar os museus e espaços de visitação de Joinville. A ideia é que o turista percorra o circuito seguindo as placas, e faça paradas para visitar os atrativos”, explica o secretário de Cultura e Turismo, Raulino Esbiteskoski.

As placas da rota para pedestres fazem parte do projeto de sinalização turística municipal, executado com recursos do Ministério do Turismo (MTur).

Ir para o topo