Museu de Arte de Joinville (MAJ) Ver imagem em alta resolução

Notícia
Joinville apresenta programação da Semana Nacional de Museus

Evento é realizado com apoio da Prefeitura de Joinville

Publicada em 05/05/2017 às 11:01, por Diego Piffer Rosa.
Relacionado a: Secretaria de Cultura e Turismo - SECULT

De 15 a 21 de maio, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) realiza a 15ª Semana de Museus, com o tema “Museus e histórias controversas – dizer o indizível em museus”. O evento tem participação da Prefeitura de Joinville, através da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult).

Em Joinville, a programação alusiva à Semana de Museus e ao Dia Internacional de Museus (18/5), acontecerá de 12 a 15 de maio.

No Museu Casa Fritz Alt (Rua Aubé – Boa Vista), a exposição “Fritz Alt – Universo Criativo” abrirá ao público na sexta-feira (12) e vai apresentar cerca de cinquenta peças criadas pelo escultor alemão. Entre as obras estão pinturas, esculturas, desenhos, além de objetos pessoais e ferramentas de trabalho.  Nesse mesmo dia, o Sistema Municipal de Museus de Joinville apresenta dois eventos especiais.

Um deles, é a estreia da exposição itinerante “Mundo do Trabalho e dos Trabalhadores em Museus”, que vai mostrar os processos de trabalho que não são vistos pelo público, mas essenciais para o desenvolvimento das ações cotidianas nos museus e espaços de memória, em Joinville. A exposição acontece na Univille – Universidade da Região de Joinville, até o dia 26 de maio.

O outro evento é o II Seminário de Políticas Culturais em Museus e Espaços de Memórias, com o tema “A função social dos museus e histórias controversas: dizer o indizível”.

O encontro vai reunir especialistas renomados, entre eles o museólogo Valdemar de Assis Lima, professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e discutir assuntos como ações educativas em museus; gestão pública e privada; coleção e colecionador; Sambaqui Morro do Ouro. O Seminário acontece das 14 às 18 horas, no auditório da Reitoria da Univille.

Também organizada pelo Sistema Municipal de Museus, a oficina “Museus Criativos e Educação Patrimonial” acontece no dia 15 de maio, das 9 às 12 horas, no Museu Arqueológico de Sambaqui (Rua Da Francisca, 600 – Centro).

As inscrições para o seminário e para a oficina são gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail smmjlle@gmail.com. As vagas são limitadas.

Exposição

O Museu de Arte de Joinville (MAJ) (foto) também preparou programação especial para a Semana de Museus. De 13 a 20 de maio acontece a intervenção “Revoadas de outono, conversas no jardim: expressões do barro no quintal do MAJ”.

Na exposição, mais de cem peças em cerâmica, relacionadas a elementos da natureza como pássaros, folhas e plantas estarão à mostra no jardim do MAJ ( R. XV de Novembro, 1400 – América).

Na abertura, as dez ceramistas autoras das obras estarão reunidas, a partir das 16 horas, para uma conversa com o público. E para marcar o encerramento da mostra, no dia 20, será realizada uma oficina de modelagem aberta ao público, a partir das 10 horas, também no MAJ.

Outras atividades

Ainda na programação da Semana de Museus acontece no dia 18, às 15 horas, o “Encontro com a Memória”, na Estação da Memória (R. Leite Ribeiro – Anita Garibaldi). O evento vai reunir ex-ferroviários e familiares desses trabalhadores, para um bate-papo com Conradini Taggdsell, primeira mulher catarinense formada em engenharia civil, no ano de 1956.

Atualmente com 84 anos, Conradini vai contar um pouco da sua experiência e as dificuldades que viveu ao longo dos seus trinta anos de trabalho como engenheira, na Rede Ferroviária Federal, em Curitiba e no Rio de Janeiro.

No Instituto Internacional Juarez Machado (R. Lages, 994 – América), o público poderá visitar a exposição de acervo das obras do artista plástico reconhecido mundialmente.

Os museus municipais de Joinville abrem de terça-feira a domingo, das 10 às 16 horas e a entrada é gratuita. Já o Instituto Internacional Juarez Machado abre ao público das 10 às 19 horas, de terça-feira a sábado; e das 15 às 19 horas, nos domingos. A entrada custa R$ 8 e R$ 4 (meia-entrada). Grupos agendados e visitantes de bicicleta não pagam.

Ir para o topo