Fonplata faz avaliação de nova etapa do projeto da Ponte Joinville

Publicada em 05/05/2017 às 11:48
Relacionado a: Secretaria de Administração e Planejamento - SAP

Ver imagem em alta resolução

A Prefeitura de Joinville recebe na próxima semana, terça (9) e quarta-feira (10), missão técnica do Fonplata (Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata) para dar continuidade às tratativas de liberação de US$ 40 milhões que serão aplicados na construção da Ponte Joinville, que vai ligar os bairros Adhemar Garcia e Boa Vista. Em novembro do ano passado os técnicos da entidade estiveram em Joinville para uma primeira avaliação do pedido de recursos.

Os executivos Marina Dockweiler (responsável pelo projeto) e Hernán Benitez (especialista institucional) participarão de reuniões com equipes da Prefeitura, atualizando o andamento dos projetos e definindo os passos da nova etapa.

“Será uma missão de análise: vamos tratar dos projetos do Programa Linha Verde – Eixo Ecológico Leste II e do encerramento do Programa I”, informa Carla Cristina Pereira, diretora executiva da Secretaria de Administração e Planejamento (SAP).

A agenda da missão do Fonplata prevê reuniões nos dois dias. Na terça-feira, às 8h30, a Prefeitura vai apresentar os avanços do estudo de engenharia e o progresso nos estudos de avaliação do impacto ambiental do projeto da ponte.

Os encontros também tratarão da preparação dos planos de aquisições e desembolso e do Plano de Operação Anual (POA).

A contrapartida do Município aos US$ 40 milhões está assegurada por meio das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Médias Cidades e da construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Jarivatuba.

A Prefeitura será representada pelo secretário de Administração e Planejamento, Miguel Angelo Bertolini, pela secretária executiva Carla Cristina Pereira, pela gerente do Banco de Projetos da Seinfra, Silvia Reolon e pelo economista e coordenador da SAP Gustavo Polidoro.

O Fonplata

O Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), criado em 1974 com sede em Santa Cruz de La Sierra (Bolívia), tem como países-membros Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai e se destina ao financiamento de estudos, projetos e programas de desenvolvimento no âmbito da Bacia do Rio da Prata e de suas áreas de influência.

Compartilhe