Aparecimento de macacos mortos ou doentes pode ser indicador de febre amarela

Publicada em 02/04/2019 às 15:37
Relacionado a: Secretaria da Saúde - SES

A Secretaria da Saúde, por meio da Vigilância Ambiental, alerta à população que atente ao aparecimento de macacos mortos ou aparentemente doentes.

Como os macacos também são infectados pelo vírus da febre amarela, no meio silvestre, eles servem como sinal de que a doença está ocorrendo e/ou se aproximando da área urbana.

Por isso, principalmente os moradores próximos a área de mata, devem comunicar imediatamente a Vigilância Ambiental, caso observem algum macaco doente ou morto, pelo telefone de plantão (47) 98911-0851 ou pelo telefone (47) 3432-2337, das 7h às 18h30. Segundo a unidade, havendo notificação, agentes irão ao local recolher o macaco para exames e demais providências.

Os macacos não deve ser tocados. Eles também não devem ser capturados ou feridos, pois não são responsáveis pela transmissão e, sim, também vítimas da doença.

O agente transmissor do vírus é o mosquito Aedes aegypti, o mesmo da dengue, zika vírus e febre chikungunya, que contamina pessoas não vacinadas.

A Secretaria da Saúde orienta as pessoas a se vacinarem. Informações sobre a vacina estão disponíveis nesta Carta de Serviço.