UPM: R$ 239,28 » JUN | 2015
UPM Seguinte: R$ 241,05 » JUL | 2015

Prefeitura inaugura Centro de Bem-estar Animal de Joinville

Com o objetivo de lutar contra o abandono e maus tratos de animais, a Prefeitura de Joinville, por meio da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema), inaugura neste sábado (28/4), às 9h30, o Centro de Bem-estar Animal da cidade. O local é equipado para diminuir e controlar a população de animais com castrações e realiza o trabalho para a conscientização da posse responsável. Não é um abrigo público de caninos e felinos.

A capacidade de atendimento é de aproximadamente 60 animais, em rotatividade. Depois de castrados, microchipados, vacinados e vermifugados serão encaminhados para a adoção com apoio de voluntários e organizações não-governamentais. A administração é exclusiva da Fundema que já investiu 150 mil reais em equipamentos, medicamentos, ração e custeio do Centro.

"O local conta com consultório, sala de preparo, vacinação, esterilização e sala de cirurgia. Veterinário, agente administrativo, tratador e motorista estão entre os profissionais responsáveis pelo atendimento", conta o presidente da Fundema, Eni Voltolini.

Bichos vítimas de maus tratos só poderão ser recebidos mediante apresentação de boletim de ocorrência conforme legislação aprovada. Pessoas com renda de um até um salário mínimo podem agendar castrações de seus animais pelo telefone (47) 3433-6157, durante o horário de funcionamento, das 8 às 14 horas.

O Centro de Bem-estar Animal foi ativado pela Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) no fim do mês de março. O atendimento aos cães e gatos vítimas de maus tratos e castrações iniciou no dia 17 de abril.

Atualmente, há 18 caninos e seis felinos em fase de recuperação, mas que já podem ser adotados. "A pessoa interessada na adoção deve apenas preencher um formulário de posse responsável", explica a diretora executiva da Fundema, Maria Raquel Migliorini de Mattos.

A partir do dia 5 de maio iniciam as castrações dos cachorros da ONG Abrigo Animal. "Vamos dedicar todas as segundas-feiras para castrar aproximadamente 600 animais. Os demais dias continuamos com atendimento ao público", complementa a bióloga Raquel. Por dia, vão poder ser realizadas cerca de cinco castrações.

A Fundema também fiscaliza os maus tratos. As denúncias podem ser feitas pela ouvidoria 156. Nas autuações foram constatados locais com condições precárias de higiene e alimentação. Em alguns casos, com animais mais fragilizados, a Fundema fez o recolhimento e encaminhou ao Bem-estar.


Contato imprensa:

Ana Keller
Assessoria de Comunicação
Fundação Municipal de Meio Ambiente - Fundema
(47) 3433-2230, ramal 213