UPM: R$ 231,66 » MAR | 2015
UPM Seguinte: R$ 234,49 » ABR | 2015

Ministério da Saúde quer ampliar atendimento do CAPS AD de Joinville

Joinville pode ser uma das primeiras cidades de Santa Catarina a contar com um serviço de atendimento 24 horas para pessoas com dependência em álcool e drogas. A proposta foi apresentada, nessa terça-feira (27/3), por técnicos do Ministério da Saúde que estiveram em Joinville para conhecer a estrutura de atendimento oferecido pela Secretaria Municipal da Saúde.

Atualmente, a cidade conta com um serviço especializado - o Centro de Atenção Psicossocial em Álcool e Drogas (CAPS AD) - com funcionamento das 7h às 18h. O serviço trabalha na reabilitação e reinserção social e familiar de adultos e adolescentes por meio de oficinas temáticas, terapia em grupo e individual, atendimento médico e visitas comunitárias. O atendimento é realizado por uma equipe formada por psiquiatras, terapeutas ocupacionais, psicólogos, médicos e enfermeiros.

Além de ampliar o horário de atendimento do CAPS AD, a ideia do Ministério da Saúde é que o serviço passe a receber pacientes que precisem passar por desintoxicação de nível leve a moderado.

Para a assessora técnica do Ministério da Saúde, Leisenir Oliveira, Joinville tem todas as condições de implantar o atendimento 24h pois já possui uma rede de atendimento psicossocial integrada e organizada.

Além do CAPS AD, a Secretaria da Saúde também dispõe de um Consultório de Rua - um veículo que percorre a cidade dando assistência aos usuários de drogas e de álcool -, e a Casa de Acolhimento Transitório, residência que recebe pacientes em fase de reinserção social e familiar.

"A Secretaria da Saúde conta com uma rede de atendimento psicossocial integrada, bem qualificada e com boa comunicação entre os serviços. Joinville poderá ser uma referência para o Brasil", elogiou a técnica do Ministério da Saúde, Leisenir Oliveira.

Para a implantação do serviço, o Ministério da Saúde deve disponibilizar R$ 75 mil de incentivo inicial. Após a aprovação do plano de ação e de investimentos, a intenção é que os recursos sejam liberados até junho. "Se for para dar melhor atendimento às pessoas e se temos condições de fazer, iremos fazer", enfatizou a secretaria da Saúde, Antonia Grigol.

Além de Joinville, as cidades de Itajaí, Florianópolis, Blumenau e Jaraguá do Sul também serão convidadas a participar do fortalecimento da rede de atendimento psicossocial do Ministério da Saúde.

CAPS AD – Centro de Apoio Psicossocial em Álcool e Drogas
Atende demanda espontânea e encaminhamentos de outros serviços de saúde.
Endereço: Rua Plácido Olímpio de Oliveira, 1489, Anita Garibaldi
Telefone: 3423-3367 e 3445-2305.
Horário: Segunda a sexta-feira.

7h às 17 h, para acolhimento e 8h às 18h, para tratamento.